A Sociedade do Conhecimento

Atualizado: 4 de nov. de 2021

Vamos ilustrar o cenário em que o produtor multimídia atuará nos próximos decênios, pois assim ficará mais fácil entendermos a complexidade do papel de um Gestor de Pessoas.


De acordo com tamanhas mudanças que nosso planeta, país, estado, cidade ou ambiente sofre, vivenciamos os reflexos dessas mudanças no comportamento, nos problemas e nas expectativas das pessoas. Isso tudo faz com que o processo de Gestão de Pessoas se torne cada vez mais complexo.


Indiferente de você ser um CEO, um prestador de serviços, gerente ou funcionário de uma empresa, marca ou negócio, este conteúdo será de grande valor para que você aplique no seu trabalho e em diversas áreas da sua vida.


O Desenvolvimento Econômico / Agregação de Valor


A evolução da nossa sociedade urbana sempre foi caracterizada pelo desenvolvimento econômico que é o precursor das grandes mudanças na sociedade humana atual.

Durante esse período, o elemento fundamental foi a agregação de valor com a revolução industrial e a valorização da mão-de-obra.


Valor Intelectual


Nesse momento estamos passando por uma transformação extremamente significativa na geração de valor, que passa a ser considerada através da agregação do valor intelectual. Isso torna as sociedades em que estamos vivendo muito mais complexas que as sociedades passadas. No ambiente organizacional, isso gera mudanças significativas, o que torna a Gestão de Pessoas uma disciplina extremamente importante para obtenção de resultados dentro de uma determinada organização.

A Sociedade do Conhecimento é caracterizada pelo valor que as pessoas agregam intelectualmente àquilo que fazem, buscando inovar de forma criativa, diferente dos padrões usuais até então.



Globalização


Um dos elementos importantes nessa mudança é a globalização da economia, que criou uma competitividade não só dentro de uma determinada comunidade, bairro, cidade ou estado, mas em relação aquilo que acontece no mundo como um todo.



Competitividade


Assim seu concorrente não se limita mais à empresa, marca ou negócio que está perto de você. Veja o exemplo dos táxis que disputavam entre os pontos e os próprios taxistas até a chegada do Uber.



Expansão


O mesmo acontece no ambiente positivamente profissional quando uma pessoa está numa cidadezinha do interior prestando serviços para uma empresa da capital ou até mesmo de um outro país ou continente.



Multicultural


Outra questão importante é a maior necessidade de interatividade social e logicamente, a necessidade de você administrar diversas culturas que hoje é um grande desafio num processo de gestão ainda maior. Isso reflete na necessidade de um processo educacional de forma contínua. Aquele papo de que após concluir uma faculdade, basta trabalhar, não dá mais certo, pois você terá que permanecer atualizado consumindo novos aprendizados de forma constante para que você possa agregar valor. Caso contrário, haverá uma dificuldade de posicionamento no mercado



Ética


A ética se tornou algo tão importante para validação de um processo organizacional, que as organizações e conselhos regulamentares de cada atividade profissional começaram a escrever códigos de ética. Então, não existe mais uma contextualização semântica, porque para que haja precisão, as regras e os códigos precisam estar escritos num papel.



Cidadania

Por que aplicar o aspecto de cidadania dentro de uma organização? Para que você e eu sejamos vistos como cidadãos que fazem parte de um processo ao invés de agirmos de forma isolada. Assim, pessoas com criações, comportamentos, hábitos e mentes diferentes aprendem a lidar umas com as outras, se respeitando e se ajudando, para alcançarem juntos os objetivos e metas daquela organização. Isso tudo valoriza muito o trabalho em equipe.


Por isso o comportamento humano é tão importante para o sucesso das organizações


O conceito da Sociedade do Conhecimento, uma expressão que foi criada por Peter Drucker que nada mais é que uma nova sociedade capitalista onde o novo fator principal é o conhecimento.


Quantas empresas e startups você usa ou conhece que foram criadas sem investimento?


Google, WhatsApp são grandes exemplos.


A Sociedade (ou a Era) do Conhecimento está diretamente relacionada a nossa historia onde ativamente tínhamos uma fase agrícola, depois a industrial até chegarmos ao conhecimento.


Você se lembra de um grande clássico do cinema, o filme, "Os Tempos Modernos", de Charles Chaplin, quando ele era um funcionário de uma indústria que aperta um botão errado e é demitido da sua empresa? Pois é. Essa cena pode ilustrar que um funcionário sem as ferramentas e aparatos de uma empresa, se torna um profissional inválido, pois não há ferramentas nem recursos para exercer sua atividade. Com base na Sociedade do Conhecimento, quando um profissional é demitido de uma empresa ou organização, ele carrega consigo as experiências e, acima de tudo, o conhecimento. Já, o conhecimento pode ser compartilhado sendo aplicado a uma nova empresa, em forma educacional ou mesmo no empreendedorismo.


Eu me lembro como se fosse hoje, que por algum tempo, eu integrei o departamento de marketing de um call center onde diversos cases de marketing digital e comunicação online foram realizados. Quando me desliguei da empresa, prestei consultoria para 4 grandes empresas de call center, além de outras empresas que precisavam melhorar o relacionamento com seus colaboradores e clientes.

As estratégias de marketing e investimento que não pude fazer naquela empresa de call center porque demandavam tempo do CEO ou eram ousadas demais, eu apliquei quando montei meu próprio negócio.


Isso mostra a prática da teoria da Sociedade do Conhecimento.


O conhecimento nunca valeu tanto como nos tempos de hoje

E a Sociedade do Conhecimento nos mostra que a habilidade manual não vale mais tanto quanto a habilidade intelectual.


Assim um produtor multimídia pode criar uma obra criativa ou mesmo uma ferramenta dentro de uma empresa que pertença à empresa, mas o direito autoral pertence àquele que a fez. Isso faz com que, se esse profissional se desligue da empresa ele poderá fazer uma obra ou ferramenta igual em qualquer outra empresa ou mesmo empreender criando um novo negócio onde várias empresas necessitem da sua ferramenta.


Um Gestor de pessoas tem que saber organizar as competências e habilidades dos membros da sua equipe sem que haja competitividade interna. É como um maestro e sua orquestra. O maestro sabe tocar todos os instrumentos musicais, porém, jamais irá por a prova as competências e habilidades de seus músicos, mas sim, ajudá-los a conquistar os melhores resultados em prol de todos músicos que integram a orquestra. Para isso, existe uma serie de ferramentas, técnicas e recursos a serem aplicados.




Habilidades


Dentro de um ambiente organizacional não há mais como não focar no desenvolvimento de habilidades.

Existem 3 tipos de habilidades que são: técnica, humana e conceitual (ou visão sistêmica).

• HABILIDADE TÉCNICA


A habilidade técnica é a compreensão e domínio de um determinado tipo de atividade e conhecimento especializado. Esta é a habilidade típica de um profissional que executa sua atividade



• HABILIDADE HUMANA


A habilidade humana é a capacidade de se colocar no ponto de vista do outro, para compreendê-lo na sua plenitude. Também refere-se às aptidões de desenvolver, encorajar e motivar pessoas ou membros de grupos e equipes.



• HABILIDADE CONCEITUAL (VISÃO SISTÊMICA)


A habilidade conceitual implica no ponto de vista intuitivo, compreendendo o ambiente organizacional como um todo, o que implica a sinergia, o alinhamento e a congruência de todas as partes envolvidas.



É fundamenta saber como aplicar os conhecimentos que você tem!
0 comentário

Posts recentes

Ver tudo